23 de jul de 2008

O SENTIDO DA VIDA... Retorno do recesso escolar - 4º ano D - "Newton Reis"


...

Mas sei que nada do que vivemos

tem sentido,

se não tocarmos o coração das pessoas.

*

AMOR QUE PROMOVE

*

AMOR QUE PROMOVE
(Lucas Alcântara dos Santos)
O passarinho cantando.
E as aves que assobiam.
É o amor da natureza
Que dá harmonia a todos para limpar a natureza.

É a paixão que comove...
O nosso coração
A paixão que comove
Com amor e harmonia.

Amor que dá alegria
Que faz harmonia
Oh meu Deus, que lindo!
*

ALEGRIA QUE CONTAGIA
(Alexandre Feliciano da Silva Junior)
Alegria que comove,
Alegria que agita
Alegria é legal
Com seu amigo fica mais legal.

Alegria é estudar
Alegria é ter amor aos estudos,
Estudar é alegria,
Esse amor contagia
Estudar é alegria,
Pois esse amor contagia. *





Inspiração: Não sei... Cora Coralina


VIDA FELIZ
(Wemerson)
Não sei se a vida é curta
A vida ruim, a vida boa,
é a mesma coisa? Não.
Amor à vida,
Olhos que saciam
Nós crianças não sabemos direito
Agora eu gosto da minah vida.
Você que fuma, corte o hábito para ter uma vida feliz
Vida que é fiel comigo.
Dia 11 foi o meu aniversário, foi o dia mais feliz.
Vida, vida, vida, vida.

*

ALEGRIA QUE CONTAGIA
(Jaqueline Reis Santos)
A alegria que contagia
Tudo é bom como uma magia
tudo nós fazemos com alegria
Não faço anda sem ser feliz
Vou buscar tudo o que eu quis.
Seja bom, não seja mal
Viver com Deus é genial
Preocupe-se com o nosso Salvador
Tudo é ótimo sem a dor.


BRAÇOS QUE ENVOLVEM
(Patrícia Freire de Souza Santos)
Passarinhos que cantam
Querendo silêncio.
Criança que brinca,
Querendo abraço.

Oh! Meu Deus!
Que bonito!
Pássaros estão cantando,
Crianças dançando.

Será que passarinhos têm:
Sentido como nós?
Sim ou não?
Mas uma coisa eles têm:
Amor.

Bonito mesmo é a palavra
Amor que eles sentem
Isso já diz tudo,
Do sentido deles...
*

AMOR QUE PROMOVE
(Gustavo da Silva Souza)
Amor que promove
Os pássaros que cantam.
As flores desabrocham.
As aves que cantam.
O amor que promove as flores cor-de-rosa,
Ter amor com as pessoas e com os animais.
Amor que promove, ajuda a dar energia às pessoas.
*







HARMONIA
(Matheus Afonso Lopes)
Harmonia tem algumas coisas que eu não entendo,
como os pássaros cantam tão bonito assim, o céu tão azul.
As formigas tão pequenas, indefesas e trabalhadoras.
A formiga rainha manda no formigueiro,
os pombos voadores tranquilamente voando.
O que eu gosto de fazer é ouvir o canto dos pássaros.
*

AMOR PROMOVIDO
(Sandy Wene Martins)
Sol brilhante
Pássaro a cantar
Amor com harmonia
Um colo de mãezinha

O mar azul
Uma luz a brilhar
Amar não é brincadeira
Com você quero ficar.
*

AMOR QUE PROMOVE
(Rodrigo Diego)
O amor é que constrói a vida
Adoro um abraço
A vida é a sua amiga
O amor é que constrói a vida
O céu é azul como o mar
O céu representa o mar
Sempre respeitarei os meus pais
A praia é bonita
O sol é brilhante
A cachoeira é bonita e representa o amor.
*




















LÁGRIMA QUE CORRE
(Kathleen da Silva)
Lágrima é um sentimento
Alegria é importante
Grande a nossa lágrima
Rico coração da gente tão carinhoso
Importante a nossa lágrima
Mas nada vai fazer você ficar só
A escola é muito boa, é legal

Que nada o faça sofrer
Use a sua lágrima
Estude com amor e carinho

Com amor e carinho
O coração é um sentimento
Realmente a lágrima é importante
Rir, correr com amor
Escola é alegria!
*








COLO QUE ACOLHE
(Rafael Freire)
Colo que acolhe
Colo que agrada
Faz ficarmos felizes
Um retorno à escola
Carregadinho de carinho
Braço que envolve
lágrima que corre
lágrimas felizes
Abraço que ajuda
Abraço alegre
Alegria contagia
Um beijo que ajuda.
*
ALEGRIA QUE CONTAGIA
(Gustavo Nascimento da Silva)
Alegria que contagia
As flores florindo bem elegantes
com perfumes e coloridas.
As belas flores do jardim
Elas são amarelas, vermelhas e azuis, com aroma de cheiro bom.
A cor amarela, as pessoas chamam da cor do sol e a azul da cor do céu e o vermelho da cor de um lindo coração.








SILÊNCIO QUE RESPEITA
(Letícia Santos de Oliveira)
Não sei...se o tempo passou
Começou a aula, que alegria!
Tem crianças brincando, pulando
Sol batendo no rosto, as crianças gostando
Lá no céu você ouve e vê as aves
Cantando lá do alto,
Que lindo ver esse show!

Essa canção de amor no coração
Crianças pulando carinhosos uns com os outros
Que linda vida!
*

ALEGRIA QUE CONTAGIA
(Kathleen Daiane)
A vida é linda, maravilhosa.
Nós temos que cuidar muito dela

porque sem ela nós não estaríamos aqui hoje,
nessa vida maravilhosa que Deus deu para nós.
Deus criou o céu, a terra e os animais,

Deus deu uma vida linda para cada um de nós cuidarmos.
A vida tem dor, tristeza, alegria.
Eu amo a minha vida como ela é.
Adoro a natureza, minha família, meus colegas,

principalmente minha mãe e meu pai.
Deus, obrigada por essa vida maravilhosa.











A AlEGRIA QUE CONTAGIA
(Marcos Henrique)
A alegria que contagia
A harmonia é alegria
O amor dá natureza me traz a sua beleza
A beleza da natureza
Os pássaros cantando, animais brincando
Eu queria saber se é bom ou ruim?
O ruim é quando tudo dá errado
O bom é a alegria que contagia...

*

Questões para refletir e colocar em prática.
Respostas:

O sentido da vida para mim é ser feliz, respeitar o próximo para que eu possa ser respeitada também, estudar e ser alguém na vida.
A vida escolar é muito boa, a cada dia preciso ampliar mais os meus estudos.
Precisamos refletir sobre as nossas ações sempre, para nunca fazer nada errado, sempre fazer certo.
Avaliação significa te avaliar, ver se você está bom ou ruim para melhorar.
( Patricia Freire de Souza Santos)
*
O sentido da vida é ter amor no coração e não pensar só em si próprio, pense com o coração.
A vida escolar para mim é como o paraíso, a vida escolar é como eu ter um pedaço da escola dentro de mim.
Eu preciso refletir sobre as minhas ações porque o amor promove sobre o coração, dando coragem para a vida, porque dentro do nosso coração vem muito mais do que nós imaginamos.
A avaliação significa um pedaço de mim, que vem de dentro do meu coração e faz perceber a vida, tirando o errado e colocando o certo.
( Jéssica Matos da Mota)


As nossas coordenadoras do "Newton", a foto não ficou boa,
mas como diz Antoine de Saint-Exupéry: "O essencial é invisível aos olhos..."
Vocês são mil, tudo que precisamos em uma escola é o carinho, a compreensão e a união para construirmos um mundo melhor com energia e sabedoria.
Os alunos relatam em seus poemas tudo que nós, seres especiais, merecemos.
*

EMEF.GENERAL NEWTON REIS

SÃO PAULO, 23 DE JULHO DE 2007
Alunos: 4º ANO D - Orientação: PRO OLÍVIA

PROPOSTAS DE ATIVIDADES:
DIÁLOGO:
Retorno do recesso escolar, o que fizemos durante o recesso

Relato da professora sobre a reunião dos professores nos dias 21 e 22 de julho
A importância de ser bem recebido pelas coordenadoras, pela escola, o reencontro com os amigos, o planejar, o avalair, analisar, o refletir.
Combinado para recomeçarmos o 2º semestre, a oportunidade de colocar a vida escolar em ordem, aprender, ampliar o conhecimento.
Conversa da nossa Assistente de Direção, professora Hanae com os alunos para enfatizar a importância do nosso combinado.

Oração - Frase do dia

Leitura Compartilhada: texto poético - Não sei... Cora Coralina

Comentários que agradam o coração ao compartilahr o texto.

Questões para refletir e responder no caderno:
1-Qual é o sentido da vida para você?

2-Como é a vida escolar para você?

3-Por que precisamos sempre refletir sobre as nossas ações?

4-O que significa para você a palavra avaliação?

Produção de texto poético ao ar livre
Tema: O sentido da Vida
Título: Escolher uma palavra ou verso do texto para título
Combinado: sentir o ar, o canto dos pássaros, olhar o céu, a paisagem, o barulho das crianças, inspirar-se, escrever com a mente e a voz do coração.
Revisar, ler com atenção, reescrever, passar a limpo.



*


NÃO SEI...
Não sei... se a vida é curta...
Não sei...
Não sei...
se a vida é curta
ou longa demais para nós.

joaoodilon@hotmail.com
Muitas vezes basta ser:
colo que acolhe,
braço que envolve,
palavra que conforta,
silêncio que respeita,
alegria que contagia,
lágrima que corre,
olhar que sacia,
amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo:
é o que dá sentido à vida.

É o que faz com que ela
não seja nem curta,
nem longa demais,
mas que seja intensa,
verdadeira e pura...
enquanto durar.

Autora: Cora Coralina




Cora Coralina nasceu em 20 de agosto de 1889, na casa que pertencia à sua família há cerca de um século, e que se tornaria o museu que hoje reconta sua história. Filha do Desembargador Francisco de Paula Lins dos Guimarães Peixoto e Jacita Luiza do Couto Brandão, Cora, ou Ana Lins dos Guimarães Peixoto (seu nome de batismo), cursou apenas as primeiras letras com mestra Silvina e já aos 14 anos escreveu seus primeiros contos e poemas. "Tragédia na Roça" foi seu primeiro conto publicado.
Em 1934 casou-se com o advogado Cantídio Tolentino Bretas e foi morar em Jabuticabal, interior de São Paulo, onde nasceram e foram criados seus seis filhos. Só voltou a viver em Goiás em 1956, mais de vinte anos depois de ficar viúva e já produzindo sua obra definitiva. O reencontro de Cora com a cidade e as histórias de sua formação alavancou seu espírito criativo.
Cora Coralina faleceu em Goiânia, a 10 de abril de 1985. Logo após sua morte, seus amigos e parentes uniram-se para criar a Casa de Coralina, que mantém um museu com objetos da escritora.










http://www.velhosamigos.com.br/AutoresCelebres/CoraCoralina/coracoralina.html