25 de out de 2007

Todo desenho tem uma história FAB e Newton Reis




Todo desenho tem a sua história



Leitura Compartilhada por capítulos: 1º ano B e 3º ano E - O Pequeno Príncipe
O QUE É O QUE É? VIVE ESBARRANDO NO CÉU?
Respostas: Nuvem - Vento - Chuva - Meteoro - Sol - Língua
Dever de casa: Pesquisa sobre o Sistema Solar
Produção de desenho usando a lista de respostas do O que é o que é?
Atividade oral e escrita: Criar uma história para o desenho e apresentar para os colegas
Ler, revisar, passar a limpo e enviar por e.mail - 3º ano E

UMA FOLHA EM BRANCO
(CARLOS VITOR)


ERA UMA VEZ UMA FOLHA QUE ESTAVA EM BRANCO. UM DIA A FOLHA EM BRANCO FICOU TRISTE E DISSE:
- VOCÊS NÃO QUEREM ME USAR PORQUE EU SOU UMA FOLHA EM BRANCO?
A DONA NUVEM FALOU:
- EU NÃO VOU TE COLORIR PORQUE EU NÃO ESTOU COM VONTADE.
A FOLHA EM BRANCO PERGUNTOU PARA O SENHOR METEORO E ELE DISSE:
- SENHOR METEORO ME COLORE PARA EU FICAR FELIZ!
O SENHOR METEORO FALOU A MESMA COISA QUE A NUVEM
A SENHORA FOLHA FALOU:
- ESTÁ BOM.
DEPOIS FALOU PARA O SENHOR VENTO:
POR FAVOR, SENHOR VENTO ME COLORE, POR FAVOR!
O SENHOR VENTO FALOU A MESMA COISA QUE A NUVEM E QUE O METEORO.
ELA FALOU:
- ESTÁ BOM.
- SENHOR SOL, ME COLORE POR FAVOR!
ELE FALOU A MESMA COISA QUE A NUVEM, O METEORO E O VENTO:
ELA FALOU:
- ESTÁ BOM.
SENHORA LÍNGUA, POR FAVOR, ME COLORE!
A SENHORA LÍNGUA FALOU:
- EU VOU TE COLORIR PORQUE EU NÃO TENHO NENHUM AMIGO. AGORA TEREI VOCÊ.
OS DOIS FICARAM FELIZES PARA SEMPRE, A FOLHA FICOU COLORIDA E A LÍNGUA GANHOU UMA AMIGA.

AUTOR: Carlos Vitor Merencio Ramilo – 3º ano E




Uma língua no céu
(Marcela – 3ºE)



Era uma vez um céu muito tranqüilo, de repente uma chuva de meteoros e apareceu uma língua enorme.
_ Nossa! No céu da boca não existe sol, não existe nuvem, nem chuva de meteoro.
O sol disse:
_ Aqui não é nenhum céu da boca!
_ Não, como não?
_ Você deve ter confundido o céu com o céu da boca.
_ Ah tá, mas que frio!
_ É só o vento.
_ Mas como eu vou voltar para casa?
_ A gente te ajuda.
E assim um lindo arco-íris se abriu.
*




Espaço Sideral
(Wesley – 3ºE)



Era uma vez um Espaço Sideral, nele viviam vários meteoros, nuvens e estrelas.
Nele vagavam vários ventos felizes, quando um ser abominável se aproxima e come uma estrela.
O sol brilha, a bruxa malévola corre atrás de sua vassoura.
Quando chega uma língua astronauta com o seu foguete encantando tudo por ali.



*


Um dia de meteoro
(Ana Paula)

Era uma vez duas irmãs, uma chamava Vitória e a outra Márcia.
Um dia elas foram para a pracinha, mas estava tudo destruído.
Um meteoro caiu na pracinha, a irmã só ficou reclamando e mostrando a língua.
Depois de arrumar tudo, elas foram para casa.
A irmã nunca mais mostrou a língua, elas viveram felizes para sempre e nunca mais caiu meteoro.
*
Alegria do Sol
(Débora 3ºE)
Era uma vez uma cidade tranqüila, tinha uma menina que se chamava Luana.
Ela gostava muito de flores. Nesse dia estava chovendo com vento e sol.
A menina só gostava do sol, então ela mostrou a língua para o céu.
No outro dia estava apenas o sol e todos ficaram felizes para sempre.

*
Um dia de escuridão!
(Thamyres)

Era uma vez, uma cidade linda!
Mas um dia as nuvens e as pessoas ficaram com medo.
Sabe por quê?
Porque não havia mais vento e tudo estava ficando escuro.
Algumas pessoas achavam que era um meteorito, outras achavam que eram alienígenas de outro planeta, mas não era nada disso, era só uma língua procurando o seu lar.
*

Uma cidade estranha
(Beatriz)
Era uma vez uma cidade estranha, nuvens com língua e um monte de línguas atacando a cidade. Tinha um monte de meteoros e uma menina, a sorte que não caiu nela.
O sol estava lindo, mas a cidade era estranha.
Naquela cidade havia árvores flutuando e a cidade atacando.
Um vento forte surgiu e acabou com tudo.
A menina voltou para casa e viveu feliz para sempre.
*
O arco-íris colorido
(Fabiola)

Era uma vez duas meninas, elas foram pegar maçãs para comer, sentaram para comer e viram o arco-íris.
De repente apareceram três meteoros grandes caindo sobre as árvores e queimando tudo.
Apareceu uma língua gigante e veio o vento.
Os meteoros mudaram de direção, bateram um nos outros e todos ficaram salvos.
*

A Língua do bem
(Gabriel)

Era uma vez um menino que se chamava Binho. Ele estava jogando bola, no último chute deu uma trovoada e com a chuva de meteoros ele se afundou em um buraco.
A língua do bem o salvou.
Ele disse obrigado e a língua disse que não era nada.
Eles viveram felizes para sempre.
*
Língua
(Andressa)

Era uma vez uma menina que tinha medo de chuvas e trovão.
Um dia a mãe dela disse:
- Vou ali com o seu pai.
Ela disse:
- Está bom. E lá os dois foram.
Assim que os dois foram, começou a chover e com trovão.
Ela começou a chorar e a mãe dela perguntou por que ela estava chorando.
- Ela disse que não era nada e logo depois de algum tempo surgiu o arco-íris, ela conheceu o céu da língua e ficou feliz.

*
CHUVA DE METEOROS
(Wemerson)

Era uma vez um bosque, Vinicius e seus amigos jogavam bola quando começou a chover meteoros.
Então um deles se machucou.
De repente apareceu uma língua gigante e salvou todos de lá.
E assim todos viveram felizes.

Escriba: Wesley
*

Um dia ensolarado
(Raquel Almeida)

Hoje estava uma ventania, até as árvores quase que foram embora.
Certo dia o Ivan e a Joana se encontraram e a Joana falou:
- Oi Ivan por onde andou esses dias?
- Em casa, a minha mãe não me deixou sair.
Você viu a trovoada que deu, e o raio de luz?
- Ah vi, tentei sair correndo, mas com as pedras, quase cai. Tchau, vou indo.
- A Joana mostrou a língua.
--------------------------------------------------------------------------------


*
O QUE É O QUE É? VIVE ESBARRANDO NO CÉU?

Respostas: Vento - Chuva - Trovão - Raio - Sol - Língua

Todo desenho tem a sua história

Produção de desenho usando a lista de respostas do O que é o que é?

Atividade oral: Criar uma história para o desenho e apresentar para os colegas

Digitada pela PRO por ser a 1ª apresentação. 1º ano B

Escriba: PRO Olívia





Um dia de tempestade

(Ranierika - 1º ano B)

Um dia de tempestade uma menina foi para o campo.
Ela encontrou belas flores e nem percebeu que tinha uma casinha.
De repente apareceu uma bruxa.
A menina ficou com medo e resolveu dar a língua para a bruxa.
A bruxa ficou furiosa e resolveu comer a menina.
Antes de ela comer a menina, apareceu um príncipe e a salvou. Pegou a espada, matou a bruxa e foram felizes para sempre.



UM DIA DE TEMPESTADE
(Vinicius Ermiro)
ERA UMA VEZ UMA ESCOLA MUITO LEGAL!
UM DIA TEVE UMA GRANDE CHUVA, DE REPENTE A ESCOLA CAIU E OS ALUNOS FICARAM PRESOS.
O TIO RUI CHAMOU A AMBULÂNCIA E OS ALUNOS FORAM PARA CASA.
NO OUTRO DIA OS ALUNOS FORAM À ESCOLA.
E VIVERAM FELIZES PARA SEMPRE.
*


DIA LINDO
(Maria Victoria)
UM DIA LINDO UMA MENINA ESTAVA INDO PARA A ESCOLA.
ENTÃO PASSOU UM MENINO COM A CARA FEIA E A MENINA RESOLVEU DAR A LÍNGUA PARA O MENINO.
A MENINA FOI ANDANDO, O TEMPO ESCURECENDO E COMEÇANDO A CHOVER.
A MENINA FOI CORRENDO PARA A ESCOLA. CHEGANDO LÁ A AULA FOI LEGAL. NO MEIO DA LIÇÃO BATEU O SINAL DO RECREIO, ENTÃO COMEÇOU A CHOVER.
BATEU UM RAIO NA ESCOLA E AS CRIANÇAS FICARAM COM MEDO.
A PRO RESOLVEU LEVÁ-LAS PARA A SALA E DAR A ELAS UMA ÁGUA PARA ACALMÁ-LAS.
DEPOIS COMPARTILHOU A ESTÓRIA E FORAM FELIZES PARA SEMPRE.
*

O MENINO NA CHUVA
(Victor)
UM DIA DE CHUVA O MENINO ESTAVA COM O SEU CACHORRO E APARECEU UMA SOMBRA.
QUANDO A SOMBRA CHEGOU PERTO, O CACHORRO PULOU PARA CIMA DO MENINO. O MENINO FALOU PARA A SOMBRA:
O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO?
- O VENTO ESTÁ EM LEVANDO PARA O CÉU.
- QUE LEGAL VOCÊ MORA LÁ NO CÉU?
- NÃO, MAS O VENTO ME LEVA PARA O CÉU.
- ESTÁ BOM, EU VOU PARA CASA.
*


http://www.pequenos.poetas.blog.uol.com.br/
editado por Olívia Cardoso
[(8) Seja bem vindo ao nosso blog - O seu recadinho é o nosso incentivo - Ler e Escrever é o nosso compromisso. ] [envie esta mensagem]

Nenhum comentário: