8 de mai de 2009

Anjo de Deus agradecemos por você existir






"O amor é o sentimento dos seres imperfeitos,
posto que a função do amor é levar o ser humano à perfeição."
Aristóteles





























*

EMEF.General Newton Reis
EE.Força Aérea Brasileira
Propostas de Atividades
Combinado para o Dia das Mães
Produto final: Apresentações de músicas e poemas
Confeção de capas para cadernos de receitas
Homenagem no pátio ou sala de vídeo
Dever de casa: Pesquisas sobre as mamães
Leitura de Deveres
Leitura compartilhada pela professora
Textos poéticos; informativo; mensagens; letra de músicas
Diálogo; refexão sobre o Anjo que Deus criou
Estrutura dos gêneros; análise linguística
Substantivos próprios; comuns
Recadinhos carinhosos
Produção de frases para as mães
Produção de acrósticos
Produção de gêneros livres para as mamães
Rascunho; revisão; passar a limpo
Ilustrações
Apresentação
Se todas as coisas fossem mães (Silvia Orthof)
Pra sempre no meu coração (Cristina Mel)
Foi Deus quem fez você (Amelinha)
Poemas produzidos
Entrega de lembrancinhas


*

Pra Sempre Em Meu Coração
(Cristina Mel)

Eu queria o tempo parar
De novo lhe fazer ninar
Crescer e mudar, não dá pra evitar
É o caminho que Deus lhe traçou
Brinquedos, gibis, violão
Espalhados por todo lugar
Um dia a poeira eu irei tirar
No silêncio de não te encontrar

Vou guardá-lo em meu coração
As lembranças jamais mudarão
Pois quando partir e saudades sentir
Estará sempre em meu coração

Os dentinhos você vai trocar
E roupas maiores usar
O seu caminhar vai para longe o levar
Pois não posso impedir seu querer
Os dedinhos que agarram minha mão
Coisas grandes eu sei que farão
Você não é meu, é um presente de Deus
E o futuro está em suas mãos

Vou guardá-lo em meu coração
As lembranças jamais mudarão
Pois quando partir e saudades sentir
Estará sempre em meu coração

Pois quando partir e saudades sentir
Estará sempre em meu coração.

www.pequenos.poetas.blog.uol.com.br



SE AS COISAS FOSSEM MÃE
Silvia Orthof Fonte(s): Do livro "Se as coisas fossem mãe", Sylvia Orthof
Se a lua fosse mãe, seria mãe das estrelas.
O céu seria sua casa, casa das estrelas belas.

Se a sereia fosse mãe, seria mãe dos peixinhos.
O mar seria um jardim e os barcos seus carrinhos.

Se a casa fosse mãe, seria a mãe das janelas.
Conversaria com a lua sobre as crianças estrelas

Falaria de receitas, pastéis de vento, quindins.
Emprestaria a cozinha pra lua fazer pudins !!!!

Se a terra fosse mãe, seria a mãe das sementes.
Pois mãe é tudo que abraça, acha graça e ama a gente.

Se uma fada fosse mãe, seria a mãe da alegria.
Toda mãe é um pouco fada...

Nossa mãe fada seria.
Se a bruxa fosse mãe, seria uma mãe gozada;

Seria a mãe das vassouras, da família vassourada.
Se a chaleira fosse mãe, seria a mãe da água fervida,

Faria chá e remédio para as doenças da vida.
Se a mesa fosse mãe, as filhas, sendo cadeiras,

Sentariam comportadas, teriam boas maneiras.
Cada mãe é diferente. Mãe verdadeira ou postiça,

Mãe vovó ou mãe titia,
Toda Mãe é como eu disse!

Dona Mamãe ralha e beija, erra, acerta, arruma a mesa,
Cozinha, escreve, trabalha fora,

Ri, esquece, lembra e chora,
Traz remédio e sobremesa...

Assim é a minha mãe !!!

*

Foi Deus Quem Fez Você
Amelinha

Foi Deus que fez o céu, o rancho das estrelas
Fez também o seresteiro para conversar com elas
Fez a lua que prateia minha estrada de sorrisos
E a serpente que expulsou mais de um milhão do paraíso
Foi Deus quem fez você
Foi Deus que fez o amor
Fez nascer a eternidade num momento de carinho
Fez até o anonimato dos afetos escondidos
E a saudade dos amores que já foram destruídos
Foi Deus
Foi Deus que fez o vento
Que sopra os teus cabelos
Foi Deus quem fez o orvalho
Que molha o teu olhar, teu olhar
Foi Deus que fez as noites
E o violão planjente
Foi Deus que fez a gente
Somente para amar, só para amar

Um comentário:

sandra disse...

ameiiiii tudo e aproveitei a ideia bjs e parabéns!!!