30 de jun de 2013

Reescrita de O auto-retrato (Mario Quintana) - Newton Reis

As únicas criaturas que são evoluídas o bastante para carregar o amor puro são cachorros e crianças

Johnny Depp
*
Reescrita de O auto-retrato (Mario Quintana) 3º ano E,  Newton Reis



O acervo de Mário Quintana em Porto Alegre










Denise da Silva publicou em Olívia Cardoso


26 de Junho.autora:Denise da Silva Ferreira


Meu autorretrato

No retrato, o meu autorretrato.
Às vezes pinto nuvem.
Às vezes pinto árvore.
Às vezes me pinto e pinto as estrelas do céu.
Às vezes me pinto o coração.
Às vezes pinto o sol.
Eu me pinto nas rosas.
Às vezes pinto nos matos...
... Eu me pinto as flores.
Às vezes me pinto a poesia.
Às vezes me pinto pinto bailarina.
Eu mesma faço balé, é muito legal.
*

Maria Vitória Evaristo Izidoro publicou em Olívia Cardoso

23 de Junho.

Meu autorretrato

Autora: Maria Vitoria, 3º ano E, professora Olívia


Em um retrato que me pinto
Bem me sinto

Eu me pinto estrela
Para ficar perto da lua

Às vezes me pinto girassol
Para brilhar como o sol
...
Que tal ser artista
Fazendo conquistas

Que pinto de uma coisa
E depois de outra

Eu me pinto num livro
No coração de pessoas

Nos livros de poesia
Que pinto com alegria.





Nenhum comentário: